Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

10 destinos para conhecer em 2017

Destinos para conhecer em 2017

10 destinos para conhecer em 2017

Todo fim de ano é a mesma coisa, vários portais especializados em turismo lançam listas com as suas apostas de “destinos quentes” para 2017. Para montá-las, eles levam em consideração diferentes critérios, que vão desde novidades que serão inauguradas no próximo ano até pesquisas com leitores e especialistas do mercado.

Mas e se a gente cruzasse as principais listas internacionais, quais destinos se destacariam? Pensando nisso e levando em conta os voos disponíveis no Brasil e o melhor custo-benefício para os viajantes brasileiros, a Bidu selecionou os 10 países que são citados por mais de um veículo e que merecem entrar na sua “wishlist”. São eles:

África do Sul

Esse foi o destino que apareceu em TODAS as listas que nós consultamos para esse post. A Travel and Leisure, por exemplo, destacou a Cidade do Cabo, por combinar, assim como o Rio, belíssimas praias com montanhas – com direito a bondinho e tudo! E a South African Airways tem voos diretos saindo de São Paulo para Joanesburgo.

Marrocos

O segundo destino mais citado nas listas também fica na África, só que bem ao norte. Tem praias mediterrâneas, o deserto do Saara e cidades culturalmente incríveis, como Marrakesh e Casablanca. É possível voar direto para lá saindo de São Paulo, com a Royal Air Maroc, mas se você preferir ir via Europa, o país está a apenas uma hora de barco do sul da Espanha. Se resolver dar um passeio pela Europa antes de ir pra Marrocos, veja aqui como prevenir doenças no continente europeu.

Grécia

Por falar em Mediterrâneo, a Grécia é indicada em todas as listas que têm como foco os destinos mais baratos de 2017, como a da Forbes. De acordo com a publicação, por conta da crise econômica, é possível encontrar diárias em hotéis três e quatro estrelas no país por menos de US$ 100. Não há voos diretos para lá saindo do Brasil, porém, é possível fazer conexões rápidas para Atenas nas principais capitais europeias.

+ cidades no Brasil com hospedagem barata

Portugal

Dá até para você combinar Grécia e Portugal voando com a TAP, que oferece stopover – uma parada no meio do seu voo, antes da conexão para o destino final -, em Lisboa ou Porto, gratuitamente! Há voos com a cia aérea saindo de várias cidades do Brasil. Portugal tem excelente custo-benefício, a imigração é mais simples, já que eles também falam português, a comida é deliciosa… E, como a gente já contou, não precisa de visto para entrar na União Europeia, apenas passaporte.

Canadá

Considerado o melhor país para conhecer em 2017 pela Lonely Planet, sendo que Montreal também é citada na lista de cidades e Banff aparece como um dos top destinos com foco em natureza da National Geographic, não resta dúvida que o Canadá brilhará muito no próximo ano. Quer mais razões para embarcar? Quebec também aparece na matéria da Forbes, por ter bom custo-benefício. Ah! E há voos diretos saindo de São Paulo com a Air Canada!

Equador

Como nós já contamos no blog, para viajar na América do Sul você não precisa de passaporte,  muito menos de visto, só da sua carteira de identidade em bom estado e com foto recente. Muita gente não sabe que o Equador faz parte do Mercosul e, mais que isso, é um país muito interessante, com praias excelentes para surfe, montanhas, floresta, vulcões… E há uma companhia aérea equatoriana que voa para o Brasil, a Tame, o voo dela sai de São Paulo e faz uma parada em Lima, antes de seguir para Quito.

Peru

Com o voo da Tame ou um da Latam, você chega ao melhor destino gastronômico do mundo, de acordo com o World Travel Awards: Lima. Mais que isso, embarcando em um voo interno rápido, você vai até Cusco, Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e uma das cidades com o melhor custo benefício de acordo com a Forbes. É de lá que sai o trem para visitar uma das Maravilhas Modernas do Mundo, Machu Picchu. Se quiser algo mais diferente, pode seguir para a região da Província de Pisco, onde estão atrações como as linhas de Nazca e a Reserva Nacional Paracas, destaque na lista da Travel and Leisure.

+ Quer viajar pela América do Sul? Veja nosso guia de seguro viagem para o Chile

Colômbia

O Caribe mais acessível para brasileiros, sem burocracia de passaporte e visto, e combinado com um dos centros históricos mais charmosos do continente, está em Cartagena. A cidade, inclusive, é um dos destaques da National Geographic e inspirou o escritor García Márquez a escrever o livro “Amor em tempos de Cólera”. Ah! E a cidade antiga também é Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. A Avianca tem voo direto de São Paulo para Bogotá e, de lá, você pode seguir em um voo interno até Cartagena ou San Andrés, ambas banhadas pelo mar do Caribe.

Argentina

Sim, Buenos Aires apareceu na lista da Forbes, como uma das cidades mais baratas para viajar – nada que nós já não soubéssemos, não é verdade? Porém, além disso, Salta é destaque na Travel and Leisure, com suas vinícolas e hotéis de luxo incríveis, indicando que talvez seja hora de você estender um pouquinho mais a sua viagem à capital argentina, nesse caso, seguir para o noroeste do país. E há diversos voos saindo do Brasil para a Argentina, inclusive com algumas das cias aéreas mais bem avaliadas do mundo, como Qatar, Emirates e Etihad

Se escolher esse destino, faça um seguro viagem Argentina.

Mas e o Brasil?

Infelizmente, só um destino brasileiro aparece em uma das listas consultadas, possivelmente, porque em 2016 nós fomos destaque em todos os sites e revistas, por conta das Olimpíadas no Rio de Janeiro. De acordo com a Travel and Leisure, vale a pena ir até Angra dos Reis, para fugir das praias lotadas do Rio e aproveitar a exclusividade de hotéis de luxo, como o do Fasano, que será inaugurado no primeiro semestre de 2017, ou o clima mais descontraído de Ilha Grande, onde há opções de hospedagem bem mais em conta.

Gostou? Quais são os destinos da sua lista dos sonhos para 2017? 🙂 Que tal conhecer países que não precisa de visto? Se você ainda estiver em dúvida para onde ir, veja os destinos preferidos dos brasileiros. E evite problemas com o seguro viagem.

Veja também:

+ Mulheres compram mais seguro viagem