Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Dicas para dirigir numa cidade desconhecida

Se você vai para um lugar onde nunca esteve antes, um pouco de planejamento é sempre bem-vindo, não é mesmo? Fazer um roteiro é importante e, por vezes, muito necessário. Para quem está se lançando a essa aventura de viajar para uma cidade desconhecida dirigindo, é preciso ainda mais atenção. Por isso, vamos te dar algumas dicas para dirigir numa cidade desconhecida.

Imagem de duas viajantes para ilustrar post sobre dicas para dirigir numa cidade desconhecida

Ainda que você se considere um excelente motorista, uma coisa é dirigir por vias que já conhece ou onde já esteve antes. Outra, bem diferente, é chegar a um lugar onde nunca esteve antes, sem saber qual é a rota ou como são as ruas.

Para curtir sua viagem da melhor forma e evitar dor de cabeça, separamos algumas dicas que podem ser bastante úteis para você. Veja só.

Dicas para dirigir numa cidade desconhecida

1. Verifique as condições do carro

A primeira das dicas para dirigir em uma cidade desconhecida, na realidade, é provavelmente a mais relevante para quem vai sair da cidade.

Verifique as condições do automóvel. Afinal, você não quer que ele te deixe na mão justamente quando precisa tanto dele e não terá tanta gente por perto para te ajudar. Passe numa oficina mecânica antes da viagem.

2. Baixe aplicativos de mapas e localização

Os mais conhecidos são Waze e Google Maps. Você pode fazer o download gratuitamente pelo celular, no Google Play. Eles trazem muitas facilidades. Funcionam como mapas e oferecem rotas, inclusive rotas alternativas em caso de engarrafamento. Além disso, dependendo da cidade, são poucas as sinalizações.

3. Alguns cuidados

Como em qualquer trajeto, não dirija com sono ou cansaço. Evite dirigir à noite se está à caminho de um lugar desconhecido. Fique mais atento às condições das vias, se há muitos buracos, e atenção redobrada nas curvas. Não freie antes de uma curva, nem faça paradas bruscas, para que não ocorra um acidente. Dirija com toda prudência possível.

4. Quem tem boca vai a Roma

Como já diz o provérbio, que em italiano se fala “chi ha lingua arriva a Roma” (quem tem língua chega a Roma), é perguntando que chegamos a lugares desconhecidos. Não tenha receios de pedir informação.

Essa é até uma maneira de conhecer melhor o jeito das pessoas num lugar diferente, a receptividade, se elas são solícitas. É interessante observar e buscar saber como vivem e se elas têm disponibilidade para ajudar.  No Brasil, sabemos que sempre encontraremos alguém disponível para um turista.

Te desejamos uma boa viagem! E não esqueça de fazer um seguro auto e seguro viagem.

Cotação online de Seguro Viagem