Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Bidu pelo mundo: Orlando

Sete dos vinte maiores parques de diversão do mundo estão na região de Orlando, que, para muitos é apenas “a casa do Mickey”. E das princesas, é claro. Há a Disney, mas também a Universal, o SeaWorld, a Legoland… E excelentes outlets para quem quer fazer compras.

Conheça o sea world

Onde todo mundo pode ser criança

Acredite, você está embarcando para um lugar mágico, onde personagens que marcaram a sua infância poderão te abraçar e até tirar fotos contigo. Um lugar com castelos, cenários de filmes, efeitos especiais, rodas gigantes e montanhas russas. Tudo é feito para que você viva o momento e aproveite ao máximo a sua viagem.

Quem vai curtir

Todos os que gostam de parques de diversões, filmes infantis ou fortes emoções. Há brinquedos e atrações para todas as idades. Sem falar nos apaixonados por compras, que fazem a festa não só nos outlets como também nas lojas dos parques, recheadas de lembrancinhas temáticas.

Chegando lá

O aeroporto mais próximo é o Internacional de Orlando, que recebe voos de mais de 40 companhias aéreas nacionais e internacionais em seus dois terminais. Ele tem excelente infraestrutura, com muitas lojas, restaurantes e wifi gratuito para para os visitantes. Você pode chegar e sair dele com ônibus, shuttle, táxi ou carro alugado. Há voos diretos do Brasil partindo de São Paulo e de Campinas, que tem duração de 8 a 10 horas.

Para aproveitar melhor a viagem

A menos que você fique em um dos resorts do complexo Disney e não pretenda visitar outros parques, é recomendável que alugue um carro. Isso porque as atrações ficam distantes, às vezes, até mesmo em outra cidade, e o aluguel do automóvel, assim como a gasolina são baratos. Outra dica importante é planejar bem os seus dias na cidade, para não ficar exausto. Por exemplo, nós não recomendamos que você faça mais de um parque por dia, muito menos que o combine com uma ida ao outlet. Se for ficar mais de uma semana, programe um “day off” no meio, para fazer algo bem relaxante – ficar na piscina do hotel, no spa… Suas pernas agradecem.

Para ver, comer e beber

Não é à toa que Orlando recebe quase 60 milhões de visitantes por ano, há muitas atrações imperdíveis. Não saia de lá sem ver a queima de fogos no Castelo da Cinderela, tirar muitas fotos nos cenários de Harry Potter, na Universal Studios, vencer o frio na barriga e encarar as montanhas russas do Bush Gardens… E também comer maçã caramelizada, sundae na pia do mickey, algodão doce ou qualquer outra gostosura que te leve de volta à infância.

Compras

Os outlets são uma excelente opção porque concentram em um único lugar as principais marcas como Adidas, GAP, Abercrombie e Forever 21. Você pode ir no Premium Outlet International Drive, que tem 180 lojas e fica do ladinho da Universal. Mas se preferir marcas europeias, como a Salvatore Ferragamo, é melhor ir  ao Premium Outlet Vineland Ave, ao lado do Sea World, que tem “apenas” 140 lojas. Além disso, há os shoppings Mall at Millenia e Florida Mall, as lojas do Downtown Disney, a Target, o Walmart, a Best Buy…

Conheça os parques da Disney

Parques Temáticos

Em Orlando e região há muitas opções de parques, inclusive aquáticos, por isso a nossa primeira recomendação é que você faça uma listinha sobre o que gostaria de ver. Depois, com base nisso, escolha os parques que deseja conhecer – já que o ingresso para cada um custa em média US$100! Por exemplo, se gosta muito de montanhas russas, vale a pena encarar uma horinha na estrada para curtir o Bush Gardens. Se você é fã de Harry Potter, talvez valha a pena comprar o ticket de dois dias da Universal. Para ver as atrações que cada complexo oferece, basta entrar no site da Disney World, da Universal e Island of Adventure, Bush Gardens e Sea World e Legoland. Depois que tiver definido onde quer ir, veja quais são os melhores dias para visitar cada parque neste calendário. De nada 😉

Comer e beber

Se engana quem pensa que em Orlando há apenas “comida de criança” ou fast food. A cidade oferece várias opções de bons restaurantes, onde é necessário se programar para comer. É indicado fazer reserva com antecedência. Você pode ver a lista com os mais bem avaliados pelo guia gastronômico Zagat aqui. Todas as grandes redes, como Starbucks, Domino’s, Denny’s e Olive Garden estão presentes também.

Vida noturna

A queima de fogos nos parques é uma das atrações mais populares de Orlando a noite. Porém há várias outras opções. Você pode ver diversos espetáculos de dança, música e circo. Como os do Cirque du Soleil, na Downtown Disney, ou do Blue Man Group, no CityWalk, da Universal. Mas se quiser beber ou dançar, o melhor lugar é o distrito de Church Street. Lá estão vários bares e clubes noturnos.

Esticadinha

De Orlando você pode seguir para vários destinos muito bacanas, como as praias de Miami, de carro ou ônibus. Ou então, visitar o Kennedy Space Center em Cabo Canaveral, uma das bases de lançamento da NASA, onde é possível ver um foguete e até conversar com um astronauta de verdade 🙂

Onde ficar

Só no complexo da Disney há mais de 30 hotéis, com decorações temáticas e preços variados. Porém, se você for viajar em um grupo grande e quiser economizar, uma excelente opção é alugar uma casa através do Airbnb. As diárias são muito baratas. As casas são grandes e confortáveis e você ainda pode economizar na comida, fazendo suas próprias refeições. Ah! E dá para ficar até em uma cidade vizinha a Orlando, já que as estradas são excelentes e a gasolina não é cara.

Tem que saber

Para aproveitar mais a cidade e não perder muito tempo nas filas dos brinquedos, é melhor evitar os meses mais concorridos: julho, agosto e dezembro. Além disso, é bom se preparar bem caso queira vir no verão americano, que vai de junho a setembro. As temperaturas podem ultrapassar os 30C! Ótimas épocas para visitar Orlando são na primavera e no outono, quando o clima é ameno e não há tanta gente – exceto na semana do spring break, em abril, e do Halloween, em outubro. No inverno, fora do período das festas de fim de ano, também é um bom momento para visitar a Disney.

Vale lembrar que a moeda local é o dólar (veja aqui dicas para comprar moeda estrangeira). E que você precisará apresentar o seu passaporte com o visto americano para entrar em Orlando.

Apesar da língua oficial ser o inglês, muitos vendedores e atendentes nos parques falam espanhol e até português.

Dica Bidu

Pode ser que seja pedidos alguns documento na imigração americana, para comprovar a intenção da viagem. Ou seja, para mostrar que você não pretende ficar no país ilegalmente. O seguro viagem pode ser um deles e ajudar nesse processo.

Conte com a Bidu Corretora para contratar o melhor seguro viagem e embarcar tranquilo.