COTAR SEGURO ONLINE

Como fazer fotos incríveis viajando sozinho?

Como fazer fotos incríveis viajando sozinho?

As férias estão aí e muitos já estão fechando as malas para viajar pelo Brasil ou exterior. Um dos prazeres ao visitar um lugar é documentar muitos dos passos dados: cenários, pontos turísticos e, claro, o próprio viajante. Mas como faz para ter fotos lindas quando se viaja sozinho? Como fazer foto sozinho em viagem além do famoso selfie?

Pois a Bidu traz agora dicas incríveis para quem vai botar o pé na estrada sem companhia, mas quer trazer aquele registro que vai guardar para sempre o que foi vivido.

Cotação online de Seguro Viagem

Dicas de como fazer foto sozinho em viagem

É comum ter dificuldade de tirar fotos que não sejam selfies quando se viaja sozinho.

Mas há alguns truques de como fazer foto sozinho em viagem que podem contribuir para o sucesso dessa empreitada! Além de ficar atento a cada um deles, a melhor dica é praticar para que a sua viagem fique não apenas na memória, como, também, em cliques especiais.

Dica 1: crie seu repertório visual

Como faz para ter um repertório próprio visual? Pesquisando e olhando muitas fotos!

É assim que a gente vai aprendendo jeitos diferentes de fotografar, usando ideias criativas, enquadramentos diferentes, enfim!

O Instagram e o Pinterest são boas dicas para fazer essa pesquisa e curtir muita foto boa.

Dica 2: treine o olhar

Quando encontrar uma foto incrível, em sintonia com o que deseja fazer, estude essa imagem. Pois é, analise o ângulo, o estilo, a forma de apresentação da pessoa na imagem e saca todos os detalhes que puder.

Fazendo esse treinamento, é possível enxergar a composição da cena como um todo. Exercício bom para quem ama fotografar e quer fazer foto sozinho em viagem, hein?

Dica 3: leve o equipamento adequado para a sua pretensão

Hoje em dia a maior parte das pessoas fotografa com smartphones. Há mesmo aparelhos com câmeras incríveis nas milhares de opções de aparelhos que estão disponíveis no mercado

Mas muitas pessoas também preferem levar na bagagem câmeras fotográficas e lentes para que façam fotos com uma qualidade ainda melhor do que a obtida nos celulares.

E tem ainda um grupo de viajantes que gosta de mesclar o uso da câmera fotográfica e do celular. E tem mesmo vantagens e desvantagens no uso de cada uma das opções quando se está viajando. É válido dizer que elas se completam e pode ser mesmo a melhor escolha contar com os dois tipos de equipamentos.

Dica 4: pau de selfie e tripé

Muitos não gostam, mas é fato: o pau de selfie é muito útil, pois facilita o enquadramento de muitas fotos de quem quer fazer fotos sozinho em viagem. Dê preferência aos modelos que dobram e, assim, não aparecem na foto.

Caso não tenha esse acessório, avalie e invista em um que também permita regular a altura e até se transforme em tripé.

Aliás, está aí um dos acessórios mais indispensáveis para aquelas fotos que o viajante que está sozinho faz e até parecem terem sido tiradas por outra pessoa: o tripé.

Há muitos modelos no mercado que atendem diferentes necessidades e gostos. Até quem não curte carregar muita bagagem encontra um tripé adequado, pois há modelos pequenos, leves e maleáveis.

Dica 5: help me!

Quem quer fazer fotos sozinho em viagem pode sim pedir de vez em quando uma ajudinha para quem está por perto caso o tripé não resolva.

É comum fazer fotos para estranhos e também solicitar a eles que façam o mesmo por você!

Dica 6: conte com programas de edição

Depois de fazer o clique tão desejado, muitos viajantes gostam de, na volta para casa, dar aquele efeito para algumas das imagens.

Às vezes, nem esperam muito: logo tratam de usar filtros e outras opções na edição das fotos que ganham, então, mais contraste, cor e saturação.

Use e abuse das coleções de filtros disponíveis nos celulares, mas também guarde com carinho as fotos naturais.

Dica 7: internet

Viajar sozinho, ok, mas sem internet? Nunca!

É verdade que hoje em dia o wi-fi salva em inúmeras situações, mas não é aconselhável apenas contar com esse recurso. Por isso, um chip com internet ilimitada é a dica e é possível comprar um para uso apenas no período da viagem

Dica 8: conheça os tipos de luz

Conhecer os tipos de luz do momento do clique também é uma questão importante para a qualidade da imagem que se deseja obter.

De acordo com especialistas, a luz natural normalmente garante os melhores resultados. Já as luzes fluorescentes deixam os cliques com tons mais frios, enquanto que luz halógena ou de tungstênio (amarelas) e luzes de vela deixam a fotografia com tons mais quentes.

Antes de viajar, experimente clicar em diferentes situações de luz e avalia o resultado final para ter ideia do que pode agradar mais.

Dica 9: atenção à cena completa

Ao tirar foto viajando sozinho, muitos detalhes podem comprometer o resultado que se quer obter. Por isso, é importante tomar cuidado com os arredores, verificando bem o que está na cena.

Confira, por exemplo, se estranhos não estão compondo o clique ou mesmo objetos ou elementos indesejados.

Dica 10: sem timidez!

Muitas pessoas que viajam sozinhas deixam a timidez atrapalhar na hora de fazer as fotos.

Está na hora de deixar essa característica de lado! Pensa assim: quando estarei de novo neste lugar para fazer outra foto?

Muitas vezes determinados locais só são visitados por nós em uma única oportunidade! Então, é melhor aproveitá-la ao máximo!

 

 Última atualização em 06/12/2019