Quais são as formas de se hospedar em uma viagem?

Planejar uma viagem não inclui apenas escolher um destino, criar um roteiro e fazer as malas. É preciso também pensar nas formas de deslocamento e de hospedagem para que fique tudo perfeito.

Imagem de pessoa viajando na praia para ilustrar texto sobre formas de hospedagem

Hoje em dia existem diversas formas diferentes de se hospedar, com custos menores e experiências culturais.

Nem todo mundo sabe, mas não há apenas hotéis, pousadas ou albergues, também conhecidos como hostels, para se hospedar. Hoje em dia, há uma nova forma de consumir esse tipo de serviço e também de aproveitar os momentos de uma maneira ainda mais especial e econômica.

São casas inteiras, quartos individuais, containers, chalés e até verdadeiras mansões para você ampliar a sua experiência.

Por isso, conheça todas essas possibilidades de hospedagem. Entenda qual a opção que melhor combina com o seu perfil de viajante.

Cotação Online de Seguro Viagem

Novas formas de hospedagem

Foi-se o tempo em que, para viajar, a sua única forma de hospedagem eram os hotéis,  pousadas ou hostels. Hoje, são tantas novas opções que fica difícil escolher qual modelo representa mais o seu perfil.

Até mesmo essas formas tradicionais precisaram se reinventar com as novidades do mercado. Hotéis ganharam ares mais joviais, com estilo despojado, sem abrir mão do conforto. Já os hostels deixaram de lado o jeito de acomodação apenas para estudantes. Eles passaram a oferecer novas formas de atrair visitantes de todos os perfis.

Vamos conhecer algumas dessas novas formas de hospedagem em viagens.

Airbnb

Entre as novidades de hospedagem está o famoso Airbnb. O aplicativo, que surgiu em 2008, permite que você alugue quartos, estúdios e casas inteiras, de diferentes estilos. Você pode passar uma temporada na casa, durante uma viagem de férias. Ou também pode ficar até mesmo meses, em caso de ocasiões prolongadas.

No aplicativo, você seleciona o que quer. Ou seja, o seu destino, o período que gostaria de ficar, a quantidade de hóspedes e o tipo de acomodação que você quer. Você pode reservar apenas um quarto em uma casa compartilhada. Ou então pode optar por algo inteiro só para você e seus companheiros de viagem.

Depois é só olhar as fotos do local e entender as regras que se aplicam a hospedagem. É importante sempre ler as declarações e feedbacks de quem já se hospedou por lá antes de programar a reserva. Tudo 100% digital e com a segurança que a própria ferramenta oferece.

Em caso de desistência, basta entrar em contato pelo próprio aplicativo e desfazer a reserva. As regras dependerão das condições de cada anfitrião. Para problemas durante a hospedagem, você pode se relacionar direto com o dono da casa. Em casos de inconvenientes extremos, o Airbnb te ajuda a resolver também.

Couchsurfing

Essa rede social, criada em 2003, já reúne mais de 4 milhões de usuários que se conectam em busca de hospedagens de graça. Isso mesmo, o Couchsurfing, com livre tradução para “surfe de sofá”, une pessoas que gostam de receber visitantes, com viajantes que estão em busca de hospedagem.

Essa experiência vai além de uma hospedagem gratuita. Ela tem a intenção de que, além de uma cama para você dormir, você conquiste também um guia informal. Isso porque dormindo na casa de um local você terá um anfitrião que irá te apresentar a cidade.

Por ser uma rede social, você já imagina que a troca de experiências também sirva para basear na sua decisão. Ou seja, é possível você navegar nos depoimentos de todos os outros membros para entender as aventuras que você deseja participar ou não.

A vantagem dessa plataforma é que com ela é possível realmente mergulhar em um universo local. 

Bed and Breakfast ou BNB

Em livre tradução, cama e café da manhã, o Bed and Breakfast ou BNB, surgiu na década de 80, mas vem se popularizando novamente.

É um tipo de alojamento que oferece basicamente o que seu nome diz. É uma hospedagem simples apenas com café da manhã incluso.

Em geral, esses espaços são casas particulares, de poucos cômodos, que oferecem quartos com banheiros privativos ou coletivos, e atende no estilo pernoite. Por isso seu custo é tão reduzido.

O BNB pode ser ideal para quem está fazendo uma viagem que envolve várias paradas, em diferentes cidades e que não exige uma hospedagem de longa duração.

Presente praticamente no mundo todo, não é difícil encontrar um BNB para se hospedar.

Camping

O camping se popularizou há anos no mundo todo, mas muito com uma estrutura rústica, ambiental e sem muito requinte. Hoje, já é possível encontrar espaços, em terrenos estruturados, que oferecem não só barracas de camping para hospedagem, como também containers e até motorhome.

Tudo para garantir que mais pessoas tenham acesso a esse formato diferente de se hospedar. No camping você aproveita um maior contato com a natureza, sem perder o lazer e o prazer do descanso.

Qual o melhor lugar para se hospedar?

Essa resposta apenas você poderá dar. Tudo depende do tipo de viagem que você vai realizar, quais as suas expectativas, a situação financeira e o seu perfil como viajante.

A hospedagem nem sempre é uma grande preocupação, pois queremos mais é traçar roteiros e passeios para aproveitar ao máximo o local. Porém, ter um local seguro e confortável para onde voltar e descansar também é muito importante.

Com tantas opções, encontrar esse local para ficar não é mais buscar aquele hotel tradicional, virou parte de toda uma história que você vai guardar.

Entenda também o que é o serviço de shuttle.

+ Veja dicas de viagem de final de ano.

Última atualização em 04/06/2019