Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Veja como solicitar a indenização do seguro viagem

Imagem do céu e asa do avião com a descrição: como solicitar a indenização do seguro viagem

Veja como solicitar a indenização do seguro viagem!

Você programou a sua ida para a terra da rainha durante um ano: juntou dinheiro, planejou a hospedagem, fazendo lista dos pontos turísticos e pesquisando os melhores restaurantes.

E como não poderia faltar, contratou o seguro viagem Europa conforme exigência do tratado de Schengen. E ainda bem que você contratou o seguro: uma das comidas típicas mais famosas, o fish and chips, fez você passar mal precisando de atendimento urgente. Nesses casos, como você procederia? Veja aqui como funciona o reembolso ou indenização do seguro viagem.

O seguro viagem

O seguro viagem garante a sua proteção enquanto você estiver em um território novo, seja a trabalho ou férias. Com ele, você garante a indenização, reembolso ou prestação de serviços em caso de sinistro (risco coberto pela apólice).

Contratar o seguro viagem é importante em viagens curtas ou longas, porque nunca se sabe quando imprevistos podem acontecer, como quebrar a perna ou contrair uma virose bem no meio da viagem. Para a sua proteção, o seguro viagem tem as coberturas básicas e adicionais.

Para contratar um seguro viagem, é necessário que você possua pelo menos uma das coberturas básicas. Elas estão voltadas para a proteção da sua saúde. Veja algumas delas abaixo:

  • Despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas em viagem ao exterior
  • Despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas em viagem nacional
  • Traslado médico
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente
  • Morte em viagem
  • Regresso sanitário

As coberturas adicionais são as contratadas a parte conforme o seu tipo de viajante. Com elas, você pode proteger desde a sua mala até despesas jurídicas que possam vir ocorrer durante a viagem. Veja algumas delas:

  • Extravio de Bagagem
  • Despesa jurídicas
  • Despesas farmacêuticas
  • Cancelamento de viagem
  • Assistência fisioterapia
  • Viagem garantida

Você pode escolher essas e muitas outras coberturas para a sua proteção. Vale lembrar que é sempre importante ler as exclusões gerais do seu seguro viagem, porque nem todas as situações têm coberturas.

Reembolso ou indenização do Seguro Viagem

Para você receber a indenização ou reembolso após um sinistro que aconteceu durante a sua viagem, você precisa contratar a cobertura correspondente. Isto é, não adianta querer receber indenização decorrente a uma bagagem extraviada se você não incluiu ela no seu seguro.

Outro fator importante é ficar atento no valor da indenização contratada, porque no caso de sinistro, você só vai receber o valor máximo contratado, mesmo que suas despesas ultrapassem o valor. Ou seja, se você contratou uma cobertura de despesas farmacêuticas de R$500 e seus gastos foram R$900, você precisará arcar com os R$400 de diferença entre o valor máximo de indenização  e o que você gastou.

Por esses dois motivos e muitos outros, é importante ficar atento às informações da apólice e das condições gerais do seu seguro, além de tirar todas as dúvidas com a sua corretora.

Tenha sempre anotado o número de telefone da central de atendimento, assim como a apólice. Se precisar do seguro durante a viagem, você terá em suas mãos essas informações. Não esqueça também de verificar se a sua seguradora disponibiliza ligações a cobrar em caso de emergência.

As seguradoras orientam que o sinistro seja avisado o mais rápido possível, para que as medidas sejam tomadas. Guarde sempre os comprovantes e documentos de todos os gastos que você tiver durante o sinistro, como nota fiscal ou comprovante de embarque. Eles serão solicitados quando você pedir o reembolso dos gastos.

O prazo médio de reembolso são de 30 dias após entrega dos documentos solicitados pela seguradora. Além dos documentos pessoais e apólice, eles podem mudar conforme as coberturas que você utilizou.

Abaixo você pode ver os documentos mais comuns solicitados pelas seguradoras.

Em caso de Despesas Farmacêuticas

  • RG, CPF e Comprovante de Residência
  • Nota fiscal comprovando a compra do medicamento durante a Viagem Segurada.
  • Prescrição médica
  • Autorização para Crédito em Conta Corrente.

Em caso de Atraso de Bagagem

  • Cópias do CPF e RG autenticadas ;
  • Relatório de atraso, expedido pela companhia responsável (PIR – Property Irregularity Report);
  • Notas Fiscais dos gastos na compra de produtos de higiene e de roupas;
  • Etiquetas de bagagem original,
  • Autorização para Crédito em Conta Corrente.

Em caso de danos à mala

  • Cópias do CPF e RG autenticadas ;
  • Relatório emitido pela empresa responsável referente aos danos (PIR– Property Irregularity Report);
  • Orçamento original de reparo ou nota fiscal original do reparo de reposição da mala danificada
  • Autorização para Crédito em conta corrente

Em caso de Atraso de Vôo

  • RG, CPF e Comprovante de Residência do Segurado.
  • cópia da passagem aérea e do cartão de embarque;
  • comprovantes das despesas com alimentação e hospedagem;
  • declaração de atraso emitido pela da companhia aérea.
  • Autorização para Crédito em Conta Corrente.

Normalmente as seguradoras solicitam que os documentos originais ou com cópia autenticada referente ao sinistro sejam enviados por correio. É recomendado que você guarde uma cópia de todos os documentos.

É necessário também preencher o aviso de sinistro, que é a formalização do que ocorreu durante a viagem.

Para saber os documentos necessários para as coberturas que você contratou, verifique as condições gerais do seu seguro ou entre em contato com a sua corretora.

Faça um Seguro Viagem e fique protegido nas férias! É fácil e rápido!