Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

O que é intercâmbio: dúvidas e curiosidades sobre esse tipo de viagem

Se você andou ouvindo falar sobre a experiência, mas não sabe o que é intercâmbio, vamos explicar um pouco melhor para você.

imagem de jovens representando o post sobre o que é intercâmbio

O intercâmbio pode ser de diversos tipos. Para estudar, trabalhar ou até mesmo passear.

Quando o intercâmbio surgiu, ele era um programa de troca entre estudantes de diferentes países. Um ia para o país do outro para vivenciar a cultura local e aprender um novo idioma.

A ideia evoluiu e hoje existem diversos tipos de programas de intercâmbio. Você pode só fazer um curso no exterior, morar na casa de uma família, ficar tanto por um curto quanto um longo período e outras variáveis.

Existem intercâmbios para todos os interesses e idades. Mas em todos o maior ganho será o conhecimento cultural sobre outro país. Alguns com maior imersão, outros com menos.

Para ajudar você a entender melhor o que é intercâmbio e poder fazer melhor as suas escolhas, preparamos esse guia com todas as informações necessárias.

O que é intercâmbio e quem pode fazer

Não importa a idade, todos podem fazer intercâmbio. Hoje em dia, existem programas tanto para crianças a partir de sete anos quanto para adolescentes e até para adultos sem idade máxima.

Serve tanto para quem não sabe nada sobre um idioma, quanto para quem sabe mas precisa aprimorar ou direcionar para um assunto específico.

Os adolescentes podem vivenciar novas experiências, longe dos pais. É uma ótima maneira de amadurecer e se tornar uma pessoa mais independente. Os programas específicos para adolescentes geralmente envolvem morar com uma família no novo país e estudar em escolas junto com os nativos.

Os cursos para adultos são voltados para experiências profissionais, além de aprimorar um novo idioma. Os adultos geralmente buscam num intercâmbio o crescimento profissional junto à uma experiência enriquecedora de morar em outro país.

E existem aquelas pessoas que querem fazer um intercâmbio apenas pela experiência de viver em uma nova cultura e estar em contato com novas pessoas. E para isso o intercâmbio funciona também. Quanto mais tempo você passar num lugar, mais enriquecedora e envolvente será a sua experiência. Isso define o que é intercâmbio.

Porque fazer intercâmbio

Você já sabe o que é intercâmbio mas ainda está em dúvida se o intercâmbio é mesmo uma boa experiência, pensamos em alguns motivos para você fazer o seu:

  • Aprender ou aperfeiçoar um novo idioma de maneira eficiente;
  • Imersão em uma nova cultura, entendendo seus hábitos e costumes;
  • Melhorar o seu currículo profissional destacando experiências internacionais e se diferenciando no mercado de trabalho;
  • Fazer novas amizades e conhecer pessoas de diferentes países que estarão no mesmo curso que você;
  • Ser uma pessoa mais independente, segura e madura.

+ Dicas para fazer intercâmbio de sucesso

Como fazer intercâmbio

Se você ainda está estudando o que é intercâmbio e as possibilidades de viver essa experiência, vamos te dar o primeiro passo. Faça uma pesquisa extensa na internet sobre o assunto, estudando possibilidades e ouvindo a experiência de outras pessoas. Depois disso, você pode procurar agências de intercâmbio diferentes para obter mais informações sobre os programas de intercâmbio. Verifique, então, qual deles funciona melhor para o seu perfil e para o que você está buscando.

Existem desde programas de duas semanas até um ano, um ano e meio. Para aqueles que trabalham e só podem tirar um mês de férias, podem investir também em um curso de um mês.

Quanto custa um intercâmbio

Além de entender o que é intercâmbio, é fundamental saber quanto custa. O preço do intercâmbio varia de acordo com o país, o curso e a agência de intercâmbio que você deseja contratar. Dentro do custo do intercâmbio está incluído basicamente: Curso + Visto + Seguro Viagem + Acomodação + Taxas do programa + Passagem aérea.

A boa notícia é que, como existem programas diferentes para diversos períodos de cursos, você pode procurar aquele que se encaixa melhor no que você pode gastar.

Além disso, alguns fatores podem diminuir o valor do seu intercâmbio:

  • se você estiver disposto a dividir hospedagem com outras pessoas ou até morar numa casa de família;
  • quanto menor o seu período de intercâmbio, menor será o valor. O destino também afeta os preços. Há lugares mais baratos e lugares mais caros;
  • o valor da escola que você vai estudar;
  • se você vai fazer algum curso extra durante o seu período de intercâmbio. Muita gente aproveita para fazer um outro curso profissionalizante além do curso de idioma;
  • se você irá fazer muitas compras ou não;
  • se você vai a muitas baladas ou eventos.

A melhor maneira de calcular os custos é sendo realista. Não adianta você dizer que vai chegar lá e não vai sair muito para baladas para economizar se você é uma pessoa que gosta de fazer isso.

Pode ter certeza de que você vai chegar lá, se animar e não vai querer perder oportunidades. É sempre bom calcular os custos pensando que vai gastar mais do que você imagina. Faça sua planilha de orçamento e comece a calcular desde já.

Onde fazer um intercâmbio

Agora que você já sabe o que é um intercâmbio e quanto custa, vamos falar sobre os lugares. Existem opções no mundo todo. Vamos listar aqui os principais países.

Melhores destinos

  • Estados Unidos: é o destino mais procurado com diferentes tipos de curso apesar de não ser o mais barato. Tanto de idiomas quanto cursos profissionalizantes e de graduação.
  • Canadá: muito parecido com o estilo de vida americano, o Canadá se torna a segunda opção para muitos interessados em intercâmbio principalmente por ser mais barato. Um diferencial do Canadá é que, além do inglês, o país conta com uma província francesa. Portanto, há mais de uma opção de idioma no país. As cidades mais procuradas são Toronto, Vancouver e Montreal.
  • Reino Unido: Londres é um dos destinos mais desejados, mas o preço dos seus cursos não são tão acessíveis. A moeda local, libra, é bastante valorizada com relação ao real.
  • Irlanda: um dos lugares mais procurados por brasileiros principalmente pelo preço. Os cursos no país costumam ser mais acessíveis e com a opção de trabalho para quem deseja fazer uma graninha enquanto estuda.
  • Nova Zelândia: pouco procurado por brasileiros, porém um dos países mais bonitos e isolados do mundo. É uma ótima opção para quem quer fugir dos brasileiros e ter uma experiência maior de imersão.
  • Austrália: conhecida como o Brasil de primeiro mundo, o país é muito procurado por brasileiros por ter o mesmo clima de praia e verão. Além disso, muitos procuram a Austrália pela oportunidade trabalho enquanto estudam.
  • África do Sul: ainda pouco explorada por quem deseja fazer intercâmbio, pode ser uma das opções com melhor custo-benefício. Optando por Cape Town, você viverá numa cidade belíssima, com praia e sol e ainda poderá praticar o inglês pagando mais barato do que em outros países. A moeda local é desvalorizada com relação ao real.

Seja qual for a sua escolha do intercâmbio, pesquise bem sobre seguro viagem para ver qual se adequa mais às suas necessidades.