Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Quais os passaportes mais poderosos do mundo?

Conheça os passaportes mais poderosos do mundo

Quais os passaportes mais poderosos do mundo?

Quando o assunto é viagem internacional, nem todos os passaportes são iguais. Mas quais são os passaportes mais poderosos?

De acordo com o Passport Index, essa honra agora pertence à Cingapura. Isso ocorreu devido à recente decisão do Paraguai de remover os requisitos de visto para os titulares de passaportes da cidade-estado asiática.

Desenvolvido pela empresa de consultoria internacional de residência e cidadania, Arton Capital, o Passport Index é uma ferramenta interativa, on-line e gratuita. Ela ranqueia e classifica os passaportes mundiais em relação à facilidade de entrada em outros países.

A ferramenta mostra que atualmente um passaporte de Cingapura possibilita entrada para visitar facilmente 159 países, sem visto ou obtendo um visto à chegada.

Antes da decisão do Paraguai de remover as restrições de visto, Cingapura compartilhou o primeiro lugar no índice com a Alemanha, que possui uma pontuação de passaporte de 158.

Outros passaportes asiáticos no top 20 incluem os da Coréia do Sul, Japão e Malásia.

O Brasil conta com 144 pontos e ocupa o 14º lugar no ranking. Os Estados Unidos caiu desde a eleição de Donald Trump e conta com 154 pontos, estando em sexto lugar no ranking.

Como o índice funciona?

Ao analisar o acesso que os passaportes nacionais têm para países em todo o mundo, o Passport Index atribui um “índice sem visto” – o número de países que um titular de passaporte pode visitar sem visto ou com visto na chegada.

Ele também leva em consideração o Índice de Desenvolvimento Humano das Nações Unidas (IDH).

Os passaportes de 193 países membros das Nações Unidas e seis territórios – Taiwan, Macau, Hong Kong, Kosovo, Território Palestino e Vaticano – são considerados para o índice. Os territórios anexados a outros países estão excluídos.

Classificação de poder do novo índice do passaporte

  1. Singapura: 159
  2. Alemanha: 158
  3. Suécia, Coréia do Sul: 157
  4. Dinamarca, Finlândia, Itália, França, Espanha, Noruega, Japão, Reino Unido: 156
  5. Luxemburgo, Suíça, Países Baixos, Bélgica, Áustria, Portugal: 155
  6. Malásia, Irlanda, Canadá, Estados Unidos: 154
  7. Austrália, Grécia, Nova Zelândia: 153
  8. Malta, República Tcheca, Islândia: 152
  9. Hungria: 150
  10. Eslovénia, Eslováquia, Polónia, Lituânia, Letónia: 149

Então, quais passaportes mais poderosos? A entrada no último lugar da lista atualizada do Índice do Passaporte é o Afeganistão, que tem uma pontuação de 22, seguido do Paquistão e do Iraque (26), da Síria (29) e da Somália (34).

Como obter um passaporte de um país em que você não mora?

Empresas como a Arton Capital ajudam pessoas com grandes patrimônios a se alistarem na cidadania por meio de programas de investimento. Isso porque investir na economia de um país pode oferecer acesso fácil a passaportes mais poderosos.

Outros índices

Algumas empresas financeiras classificam passaportes globais de acordo com o acesso que eles fornecem aos cidadãos. A metodologia utilizada para determinar o ranking varia. Henley & Partners, trabalhando com a International Air Transport Association (IATA), divulga seu próprio índice de restrições de visto uma vez por ano e considera 218 países e territórios para a sua lista.

No índice de 2017 de Henley & Partners, lançado em março, a Alemanha manteve sua posição no topo, pelo segundo ano consecutivo, com acesso sem visto para 176 países de 218. A Suécia ficou na segunda posição com 175 países. A Dinamarca, Finlândia, Itália, Espanha e Estados Unidos empataram em terceiro lugar com 174.