Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Viajar de avião: dicas para pessoas com problemas de circulação

imagem de uma asa de avião com a legenda: dicas para viajar de avião

Viajar de avião: dicas para pessoas com problemas de circulação

Quem tem varizes pode viajar de avião? O que deve fazer durante os voos quem tem problema de circulação sanguínea nas pernas e nos pés? Grávida pode viajar de avião?

Essa e outras dúvidas nós esclarecemos neste post que preparamos para você.

As estatísticas mostram que durante a temporada de verão é registrado um aumento de consultas sobre doenças venosas, sobretudo entre mulheres. Não por acaso.

É que quem tem problema circulatório deve mesmo manter as consultas em dia, sobretudo depois de uma viagem extensa e que demanda muitas horas sem movimentar-se.

Viajar de avião e evitar problemas de circulação

Veja algumas medidas podem ajudar e reduzir os riscos. Confira aqui:

  • Quando possível, caminhe um pouco pelo corredor do avião.
  • Deixe a bagagem de mão no compartimento, a fim de ter espaço para esticar suas pernas.
  • Movimente joelhos, panturrilhas, dedos dos pés e tornozelos. Faça alguns exercícios mesmo na poltrona. Coloque os calcanhares apoiados ao chão, e alternadamente levante os pés para cima e para baixo. É como se estivesse utilizando uma máquina de costuras. Faça isso por cerca de cinco minutos e repita o exercício de tempo em tempo. Com esses movimentos, você estará bombeando as veias com sangue.
  • Não se sente de pernas cruzadas, deixe-as livres.
  • Evite usar roupas apertadas, assim como meias, quando tiver de realizar uma viagem de avião. Inclusive, já falamos aqui as roupas para viagem de avião.
  • Consulte seu médico sobre a possibilidade de usar meias elásticas medicinais e que ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo.
  • Tome bastante água. Pode ser outro líquido, como suco, mas em hipótese alguma álcool.
  • Não tome remédios para dormir. Consulte seu médico sobre algum remédio específico para o problema de circulação a ser tomado durante um vôo.

Outra alternativa é tentar deixar as pernas um pouco mais elevadas, se possível. Deixá-las paradas em uma mesma posição prejudica a circulação, provocando até mesmo inchaços, quando não o risco de entupir uma veia.

Nesse último caso, temos a chamada trombose venosa. Por isso, é muito importante pessoas que sofrem com o problema ficarem atentas aos sinais do corpo durante o vôo.

Em casos mais sérios, a trombose pode desencadear uma embolia pulmonar e levar a pessoa à morte.

Vale mencionar que essas dicas também servem para longas viagens de ônibus, carros, trem e até mesmo barcos.

As férias de julho já acabaram, mas, justamente nessa época os preços das passagens ficam baratas e muitas pessoas aproveitam para passar uns tempos fora.

Então preste atenção às dicas e não deixe de compartilhar essas informações com quem precisa.